sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"A" fome

Já comeste sem ter fome? ...
Comeste, simplesmente, porque te ofereceram e ... soube bem? Afinal tinhas fome e não sabias!

É essa a sensação com que estou no final desta semana.

Anda aí muita gente que precisa ser alimentada, ... um alimento que torne as pessoas mais fortes e resistentes aos dissabores da vida. Um alimento cheio de "vitaminas" e "proteínas", das boas, pois isto de só comer "Hidratos de Carbono", que faz crescer depressa, não é muito "saudável".

Mas que adultos estamos a forçar crescer no corpo de uma criança? Por este andar, nunca o deixará de ser (criança), só porque é urgente "TER" e não investir no "SER", este "SER" chama-se "FUTURO" ...

Preocupante ... quantas crianças estão "sedentas" de atenção, de falar nas coisas, por mais banais que possam parecer? ... quantas não sabem que regras e respeito se misturam? ... quantas nunca foram alimentadas por um "abraço" ... quantas vivem no escuro, sem sequer imaginar que as suas vidas estão cheias de luz e alegria? ... quantas são ignoradas em casa, pela a familia, e tentam dar nas vistas quando estão escola e no meio dos amigos? ... quantas se perdem por nunca terem ouvido e sentido o AMOR? .... simplesmente se ficaram p'la "fome".

São os filhos sem pais, porque são eternos ausentes, e enteados de um sistema de numeros em que os valores Humanos não são o importante. Crescem na pressa dos números ... qualidade, é coisa que não importa, são "processados" para funcionar e não para pensar.

Os valores Cristãos só "o" são de facto se, ao longo das nossas vidas, viver-mos os valores Humanos neles presentes ... e estes são universais.

Até já! ... (É bom lembrar os que, tendo fome, têm sido alimentados, ... também os há!)

1 comentário:

  1. penso nisto tantas vezes quando me cruzo com os meus pequenos

    ResponderEliminar